COMO MELHORAR A QUALIDADE DAS CÂMERAS NO CELULAR

março 19th, 2016 admin Posted in Acesso P2P Nuvem, Acesso remoto, Acesso via internet, AHD, Configurações, Dicas de Instalação, Dicas em geral Comentários desativados em COMO MELHORAR A QUALIDADE DAS CÂMERAS NO CELULAR

http://www.cftvclube.com.br
https://www.facebook.com/cftvclube

Aprenda a deixar o acesso das suas câmeras com mais qualidade no celular. Esse pequeno tutorial mostra como fazer uma configuração no aplicativo para deixar a transmissão das imagens com maior definição.

É uma configuração muito simples, mas no momento ela está disponível apenas para alguns aplicativos. Hoje ela funciona no VmeyeSuper e no Xmeye, tanto no Android quanto no Iphone Apple.

Esse esquema funciona para vários DVRs, tais como: LUXVISION, ALIVE, SHOWTEC, NEOCAM dentre outras marcas.

 

AddThis Social Bookmark Button

COMO ACESSAR DVR E CÂMERAS PELO MAC – APPLE ANDROIDTV

dezembro 4th, 2015 admin Posted in Acesso P2P Nuvem, Acesso remoto, Acesso via internet, Configurações, DDNS, Dicas de Instalação, Dicas em geral Comentários desativados em COMO ACESSAR DVR E CÂMERAS PELO MAC – APPLE ANDROIDTV

Esse vídeo é de um tutorial que ensina como acessar as câmeras via Macbook, AppleTV e AndroidTV. É uma dica muito simples para quem tem dificuldade de fazer esse tipo de configuração.

O link para ver uma configuração simples de aplicativo é esse aqui:

http://www.protemaxxi.com.br/blog/configurar-dvr-standalone-celular/

AddThis Social Bookmark Button

Como configurar acesso DVR CFTV câmeras no celular!

julho 28th, 2015 admin Posted in Acesso P2P Nuvem, Acesso remoto, Acesso via internet, Configurações, DDNS, Dicas de Instalação, Dicas em geral Comentários desativados em Como configurar acesso DVR CFTV câmeras no celular!

O objetivo deste tutorial é ajudá-lo a configurar seu Smartphone para acessar suas câmeras de segurança. Trata-se de uma explicação bem objetiva e que ilustra com imagens um passo a passo completo. No exemplo abaixo fizemos a configuração utilizando um iPhone, entretanto o procedimento para configurar o Android é exatamente o mesmo.

O aplicativo que usamos para este tutorial foi o VMEYE, pois achamos que ele é o mais simples e abrangente de todos. Ele funciona para a maioria dos DVR’s, por exemplo o Luxvision, Giga, Neocam, Alartec, e outros. Se você seguir o passo a passo corretamente, tentar conectar e a tela permanecer preta, refaça as configurações utilizando outro aplicativo. Você pode tentar com o MEYE, ASEE, TMEYE, etc.

Vamos lá então?

Passo 1:

Acesse a loja de aplicativos do seu celular, Apple Store para iPhone e Play Store para Android.

Imagem 1

Passo 2:

Clique na busca e procure pelo app VMEYE.

DVR-acesso-remoto-celular-cameras-apple-android

Passo 3:

Clique em GRÁTIS para baixar e instalar o app.

DVR-acesso-remoto-celular-cameras-instalar

Passo 4:

Localize o app instalado em seu Smartphone.

DVR-acesso-remoto-celular-cameras-smartphone

Passo 5:

Abra o aplicativo e clique em configurações.

DVR-acesso-remoto-celular-cameras-5

Passo 6:

Clique em Gerenciar Dispositivos ou Adicionar Dispositivos.

DVR-acesso-remoto-celular-cameras-6DVR-acesso-remoto-celular-cameras-7

Passo 7:

Na tela em branco preencha os espaços com os parâmetros de conexão e salve.

DVR-acesso-remoto-celular-cameras-8DVR-acesso-remoto-celular-cameras-9

Passo 8:

Toque no centro da tela e escolha o canal que quer visualizar.

DVR-acesso-remoto-celular-cameras-10DVR-acesso-remoto-celular-cameras-11

Passo 9:

Alterne entre as câmeras clicando nos números dos canais.

DVR-acesso-remoto-celular-cameras-12

É isso amigos, esperamos tê-los ajudado e continuem acompanhando nossos artigos e tutoriais.

AddThis Social Bookmark Button

COMO CONFIGURAR DOIS OU MAIS DVRs NA MESMA REDE

fevereiro 11th, 2015 admin Posted in Acesso remoto, Acesso via internet, Configurações, DDNS, Dicas de Instalação Comentários desativados em COMO CONFIGURAR DOIS OU MAIS DVRs NA MESMA REDE

Neste vídeo mostrei como fazemos para colocar mais de um DVR Stand Alone na mesma rede. Expliquei que é necessário atribuir dois IP’s diferentes para os DVRs e também portas diferentes para eles. Veja abaixo um bom exemplo de como organizar o redirecionamento de portas no roteador:

DVR 1 – 192.168.1.150
Porta Media – 37777
Porta WEB – 8080

DVR 2 – 192.168.1.151
Porta Media – 37778
Porta WEB – 8081

Notem que eu apenas mudei um último número do IP e das portas, pois dessa forma, o redirecionamento no roteador fica mais organizado.

Do mesmo modo, se você tiver mais do que 2 DVR’s na mesma rede, siga esse mesmo esquema que tudo vai dar certo.

Caso a sua rede possua uma interface diferente, por exemplo 10.0.0.1, a liberação deverá ser feita exatamente como eu mostrei acima, pois apesar das classes de IP’s serem diferentes, o esquema de publicação de portas é o mesmo.

Acesse nosso site para comprar ótimos produtos:

www.cftvclube.com.br

Curta nossa página no Facebook:

facebook.com/cftvclube

Conteúdo do vídeo em texto (da forma como foi dito):

COMO CONFIGURAR DOIS OU MAIS DVRs NA MESMA REDE
Fala pessoal, sejam bem vindos a mais um vídeo do CFTV Clube, eu sou o Everton, e eu preparei esse vídeo especia para vocês para falar sobe, instalação e configuração de mais de um DVR na mesma rede.

Bom a gente vai começar pelo seguinte, no geral a gente costuma encontrar, modem do provedor ou modem roteador, e roteador, modem e roteador. E aí a gente coloca o nosso DVR na sequência, tá? Eu já mostrei isso aqui em outro vídeo, como que a gente faz uma configuração no metodo padrão, vou colocar o link dele aqui, caso você não tenha visto, você pode assistir aqui. Neste caso, essa explicação que eu vou dar sobre a configuração, ela vale para você colocar dois, três, quatro até cinco DVRs, dez, não importa, na mesma rede, ela vai se adaptar a sua necessidade. Bom, em uma configuração padrão, a gente pega lá, por exemplo, o DVR Intelbras, ele tem duas portas, que a gente precisa abrir no roteador, liberar e direcionar no roteador.

Ele vem com a porta 37777 e vem com a porta WEB que é a porta 80, que a gente sempre recomenda que você troque essa porta por uma outra porta. A gente pega então essa porta 3777, aponta la para o roteador para o IP que você já definiu no DVR, liberou e um abraço, vai funcionar, tá? E quando você tem dois, e esses dois DVRs, eles são iguais, por exemplo, dois Intelbras, dois Tecvoz, dois lux, dois igualzinhos.

Quando é um de cada marca, tem gente que vai meio que na sorte e acaba conseguindo e tal, porque por ser de marca diferente, eles vem cada um com seu grupo de portas lá, e acaba que não da conflito, você vai liberar, cada um tem o seu IP, e vai dar certo. Quando eles são da mesma marca e eles tem as mesmas portas, é interessante que você faça a mudança das portas, e eu por exemplo, recomendo assim, se for um Tecvoz que vem com a porta 6036, no primeiro você faz 6036 e no segundo você coloca 6037.

Não tem uma regra, você vai testar essa porta na rede, ver se ela existe, geralmente não existe, portas de quatro dígitos, elas são, tem uma variação muito grande, então nesse meio não tem porta. É bem difícil você ter conflito com porta, tá? Pode ser, mais é bem difícil. Então eu sempre, por exemplo se for Intelbras 37777, eu peço para a pessoa colocar 37778, é mais para organizar, se você colocar 5 DVRs, você vai ter lá, um monte de portas tudo bagunçadas? Não você coloca sempre uma regrinha lá para ficar fácil de definir. E da mesma forma você faz isso também no acesso WEB.

E aí você tem então, vamos supor, vamos imaginar que a gente tem dois DVRs, um a gente definiu o IP 192.168.1.100 e no outro a gente definiu 1.101. No primeiro você vai liberar, se for Intelbras, 37777 e no segundo, 37778 e WEB WEB também. Então neste caso a gente tem pronto um acesso para dois DVRs na mesma rede, daí tem gente que pergunta assim “ah, eu preciso fazer dois endereços? Um para cada DVR?”, Não necessariamente, tá? Pode fazer? Pode, vai funcionar, não dá nenhum problema, mas não é necessário.

Geralmente assim, ah você coloca em uma empresa, onde vão ser dois equipamentos ali, um vai filmar um grupo de câmeras internas, e o outro um grupo de câmeras externas, e aí são pessoas diferentes que vão acessar as internas e as externas. Daí você faz dois endereços, divulga o endereço para aquele, um endereço para um grupo, o outro para outro que eles vão poder acessar, tá? Então para fins de organização ou de regra, criar uma regra para o acesso, você pode criar sem nenhum problema, mas não é necessário, porque o, tem muita gente que vai achar bobo isso, mas tem muita gente que também não sabe.

O DDNS, o domínio que a gente cria lá, ele serve para sempre trazer o IP atual da internet de onde você alocar ele, então você pegou instalou o DVR aqui, colocou o DDNS aqui, ele sempre vai retornar para que estiver acessando o IP atual daquela rede. Como o IP é um serviço, é um número único para todo mundo que está na rede, então não tem necessidade de fazer dois endereços respondendo para o mesmo IP, ou três, ou quatro. Pode-se fazer, conforme eu falei, mas não é necessário, um só já vai servir, você vai diferenciar os acessoa através das portas, se você estiver usando um CMS do fabricante, o programa para instalar no PC e tal, você vai definir quem é quem através da porta de comando, e se você estiver acessando via navegador, via WEB, você vai definir quem é quem através da porta WEB, é para isso que as portas existem

Uma outra dica legal é justamente a respeito do CMS, por exemplo, atualmente eles são bem, aprimorados assim, e se você coloca, eu acredito que no padrão, eles acessem, agora eu não vou lembrar, se são 32 ou 64 câmeras. Então vamos imaginar que sejam 32 câmeras, aí você tem 4 lojas, e cada uma dessas lojas tem 8 câmeras, quem for acessar, se a pessoa tiver um local, uma máquina com a tela grande e tal, e você quiser colocar um CMS, que capte as 32 imagens, os quatro locais, oito de cada um, ele faz também e se esses quatro DVRs estiverem na mesma empresa, na mesma rede, no mesmo local, também da certo. E é por isso que é importante você organizar bem a mudança das portas que você quiser.

E é isso aí pessoal, não tem muito segredo, é mais uma troca de ideias a respeito desse assunto, porque na teoria é super simples, acho que eu não gastei cinco minutos para falar a respeito disso, mas na pratica, tem gente que se confunde, porque não criou aquele envolvimento com o projeto, as vezes você chega na rede e não sabe nem por onde começar e tal, e esse vídeo é um bom começo para isso, entender que cada equipamento precisa do seu número de IP, que você precisa definir portas distintas para o mesmo equipamento, e aí é só você acessar o roteador, liberar, mapear esse acesso aí, redirecionar as portas lá dentro do roteador.

A gente tem aqui no canal, um vídeo que fala sobre redirecionamento de portas do roteador e se você tem interesse em entender um pouco melhor, ou aprender a liberar portas, mapear rede e tal, é só você acessar, vou deixar o link aqui também desse vídeo, para você acessar e acompanhar com a gente aí. Legal, qualquer dúvida comenta ai no vídeo, manda um e-mail para a gente, curta a nossa página no Facebook, acesse o nosso site. Valeu e até o próximo vídeo.

AddThis Social Bookmark Button

O QUE É E COMO FUNCIONA ACESSO P2P NUVEM DVR STAND ALONE

fevereiro 11th, 2015 admin Posted in Acesso P2P Nuvem, Acesso remoto, Acesso via internet, Configurações, DDNS, Dicas de Instalação, Dicas em geral Comentários desativados em O QUE É E COMO FUNCIONA ACESSO P2P NUVEM DVR STAND ALONE

www.cftvclube.com.br
facebook.com/cftvclube

Uma breve explanação de ideias de como funciona o acesso por conexão P2P/Nuvem.

Falamos de pontos positivos e pontos negativos. Destacamos como positivo o fato de não precisar liberar/redirecionar portas no roteador. Por outro lado mostramos como fator negativo a velocidade do acesso que é um pouco limitada.

Essas ideias se aplicam vários modelos de Stand Alone, tais como: Luxvision, Alartec, ControlBr, Giga e muitos outros.

Conteúdo do vídeo em texto (da forma como foi dita):

O QUE É E COMO FUNCIONA ACESSO P2P NUVEM DVR STAND ALONE
Fala galera, sejam bem vindos ao CFTV Clube, eu sou o Everton,eu preparei esse vídeo pra falar com vocês sobre P2P,conexão em nuvem,P2P, acesso remoto, sem liberar portas, é tudo isso aí mesmo.
Bom é o seguinte o objetivo desse vídeo é dar uma esclarecida no aspecto geral P2P, não vou falar de configuração propriamente,vou falar mais de como é, a minha opinião a respeito, como funciona, tem gente que não entende, as vezes facilita a configuração,o trabalho, uma vez que a gente entende como é que funciona, então, eu vou deixar pra fazer a configuração no próximo vídeo, que possivelmente já vai ta aqui no canal, eu vou colocar o link dele aqui, pra você ver como é que funciona a configuração em DVR em um de nossos modelos.

Funciona assim ó, P2P é a nomenclatura de um protocolo de rede, como os protocolos TCP, UDP, protocolo de câmera IP, tem o protocolo ONVIF, enfim, um monte de protocolos aí. Só que comercialmente a nomenclatura nuvem, ela é mais agradável, o pessoal de marketing, trabalha mais em cima de nuvem, porque vende mais,não sei se é por causa da Apple, não sei se é porque é tendência, todo mundo fala de nuvem,o pessoal trabalha mais em cima de nuvem. Mas assim desmitificando um pouco, tem gente que acha que “ah grava na nuvem, é P2P” acaba misturando as coisas. P2P esse protocolo de transmissão, essa nomenclatura, essa tecnologia, no geral; ela serve pra você fazer transmissão de dados, enviar e receber dados. Então pro nosso caso que trabalha com câmera, P2P é interessante pra você fazer o acesso das câmeras.

O acesso via P2P ele funciona exatamente como o acesso do método convencional, a diferença é que você não vai fazer o acesso através de um IP ou de DDNS. O acesso é feito através de um usuário e senha, ou do serial do próprio equipamento. Por sua vez, gravar em nuvem é outra ideia, é outra história, existe a possibilidade? existe. Você vai criar um servidor virtual, existem alguns fabricantes que no próprio CMS de acesso do DVR, vem com essa função de monitorar, por exemplo coloquei um DVR pra gravar aqui na empresa, e lá na minha casa eu quero gravar também é só instalar o DVR do aplicativo, eu vou visualizar ao vivo e gravar também, é um tipo de gravação remota, e também pode ser um tipo de gravação em nuvem, porque, a gravação ta em algum lugar, que pra quem ta aqui não sabe onde é você sabe que é na sua casa mas quem ta no local não sabe que é remoto, que ta em outro lugar, e também pode ser nuvem.

Então gravar em nuvem é possível, existe, mas não é a mesma coisa que o acesso em nuvem. Agora porque começou a falar muito assim ó, acesso em nuvem e tal, justamente porque, o servidor P2P, ele é um servidor que fica em algum lugar do mundo ai, ou em alguns lugares, eu acredito que existam vários servidores, respondendo pra um serviço só, assim como os portais né, globo.com, o Uol tem vários servidores. P2P é assim também, mas eu acredito que seja um serviço apenas, pra todos os fabricantes de DVR que trabalham em cima dessa tecnologia em nuvem, por exemplo, recentemente, hoje eu to gravando esse vídeo, hoje é dia 06/01/2015, recentemente a cerca de alguns dias, algumas semanas, o servidor nuvem do nosso sistema, entrou em manutenção, exatamente no mesmo, dia, no mesmo momento, por isso eu acredito que seja um servidor só, o servidor Luxvision parou, servidor Giga parou, alguns deles pararam. Pode ter sido coincidência? pode. Todos eles podem ter entrado em manutenção, pode ser, mas eu acredito que é um servidor só pra todo mundo.

Um outro ponto legal, mudando um pouco de assunto, mudando de história e tal, o funcionamento de P2P, você ouve muito falar que não precisa abrir porta e tal, porque é assim e tal. Assim de fato, é assim mesmo, a gente não precisa liberar porta, o protocolo P2P, ele já vem naturalmente liberado nos nossos roteadores e servidores, se a gente for pensar por exemplo, o Skype, antigamente, há muito tempo atrás precisava-se liberar o Skype, hoje em dia ele já é liberado, ah antigamente a gente ia baixar música no Emule, ia baixar música no Liveware, no Ares e tal, tinha que liberar uma porta dentro do roteador, hoje em dia não precisa mais, porque esse tipo de serviço, Utorrent,o pessoal baixa muito filme Utorrent,utiliza protocolo P2P. Então imagina assim,o mundo inteiro, toda vez que for fazer, tem que liberar porta, então eles já colocaram isso já vem nativo isso nos roteadores, então por isso o DVR que utiliza P2P, não precisa liberar portas.

O pessoal de segurança, fabricante de CFTV, viu que existia esse recurso e aproveitou dele, já que ele ta na rede. E a gente pode usar, facilita nossa vida, muitas vezes a gente via fazer internet via rádio, ou em algum lugar que tem roteadores em cascata, ficou difícil e tal, o P2P facilita isso aí, porque ele vai se comunicar, vai passar vai entrar sem nenhum problema. O que eu avalio de ponto positivo no protocolo P2P, o fato de você não precisar liberar portas, como ele já vem liberado, não precisa liberar portas, perder muito tempo lá, um outro fator positivo, é que você não precisa ficar preso a uma marca de roteador, ah só sei mexer numa marca, queimou tem que trocar, tem que fazer de novo e tal, é um outro ponto positivo.

O lance de tipo, você é o consumidor final, não precisar pagar pra alguém fazer pra você, se você não tem muita afinidade com rede, é um ponto positivo, e se você é um instalador, também é um ponto positivo, por que, porque você não vai ter muita dificuldade, porque você sabe que se você for vender um equipamento com esse tipo de tecnologia, você sabe que vai funcionar, e não vai dar nenhum problema,entendeu? Acho que são esses os principais positivos ta? E assim eu considero como fator negativo, a questão da velocidade,eu não sei se é porque o protocolo tem limite de velocidade, de transmissão.

Ou se é por conta do servidor, se é um servidor único, não sei te falar o porque, mas a velocidade de acesso é um pouco mais lenta, então ele perde um pouco de velocidade pro método convencional, nada assim muito gritante, mas da uma diferença pra quem já tem o habito de usar o método de convencional, tá? Mas se você for pesar com os pontos positivos, em alguns casos, vale a pena. Um outro fator negativo,é a questão dos aplicativos de celular, por exemplo,pro iPhone, que é o aparelho que eu utilizo, tem dois ou três aplicativos, acho que todos eles com o mesmo núcleo ou fabricados pelo mesmo fabricante.

Agora dos produtos gratuitos eu não testei nenhum próprio, sempre testei os gratuitos, eles são meio amarrados assim, entra não entra, tem DVR que entra com mais facilidade, tem DVR que dá mais um pouco de trabalho, mas pro Android, eu não vi nem um pouco de dificuldade, é super simples, é colocar o DVR na rede, e acessar, não tem segredo nenhum. Ah! Lembrei aqui, outro ponto positivo, o fato de você não precisar pagar um DDNS, ou ficar preso, em algum tipo de conta, ou coisa desse tipo, não tem essa necessidade.

Então é isso aí pessoal, mais uma pincelada geral assim, sobre o P2P, o que que é,pra gente entender. Entender o funcionamento do serviço, ajuda no trabalho, alias eu falei nos outros vídeos, aliás mais especificamente, no vídeo de abertura de portas, a visão periférica do negócio, a gente vê como um todo o trabalho, eu entendo cada valor, fica mais fácil bolar uma estratégia de raciocínio. Então eu esclareci o funcionamento do P2P, vai ajudar, quem tem interesse em trabalhar ou comercializar esse produto, e também vai tirar da cabeça de quem não quer trabalhar, enfim.Então é isso aí pessoal, se você gostou do vídeo, da um gostei ai, curte nossa página no Facebook e acesse o nosso site e valeu, até o próximo vídeo.

AddThis Social Bookmark Button

COMO CONFIGURAR ACESSO P2P NUVEM DVR STAND ALONE

fevereiro 11th, 2015 admin Posted in Acesso P2P Nuvem, Acesso remoto, Acesso via internet, Configurações, DDNS, Dicas de Instalação Comentários desativados em COMO CONFIGURAR ACESSO P2P NUVEM DVR STAND ALONE

www.cftvclube.com.br
facebook.com/cftvclube

Esse passo a passo mostra como configurar o acesso P2P/Nuvem no DVR Stand Alone.

O que precisa ser feito é:

– Conectar um cabo de rede no DVR.
– Ativar a função DHCP ou IP Dinâmico.
– Ativar a função Nuvem no DVR.
– Copiar o serial e acessar.

Para acessar via computador entre no endereço:

– http://xmeye.net
– Clique em Download Web.
– Digite o serial do DVR.
– Clique em Login.

Para acessar no celular:

– Baixe o App VMEYE CLOUD.
– Preencha o Serial.
– Coloque o Usuário e Senha.
– Selecione a quantidade de canais.

O processo de configuração do DVR para acesso nuvem é bem simples, pois não é necessário redirecionar portas.

Conteúdo do vídeo em texto (da forma como foi dito):

COMO CONFIGURAR ACESSO P2P NUVEM DVR STAND ALONE
Fala pessoal, sejam bem vindos ao canal CFTV clube, conforme eu havia falado, eu vou mostrar nesse vídeo, como é que se faz a configuração do acesso P2P nuvem. Essa configuração, ela é bem básica, eu vou mostrar em um dos nossos produtos, mais ela é bem parecida para todos os outros. Eu vou mostrar como que ela é feita, e como é que a gente acessa depois lá no computador, ok? Então acompanha com a gente aí.

Bom, então pessoal, o primeiro passo é o seguinte, você entra no menu do DVR, entra lá, botão direito, menu, sistema, rede. Entra aqui em DHCP, e ativa, de repente se o seu DVR estiver escrito IP dinâmico, tal, é a mesma coisa, ativa essa função, da um ok aqui, e reinicia o DVR. Enquanto ele estiver reiniciando, vai la no DVR e conecta o cabo da internet, tá? Depois que ele reiniciou, é só entrar no menu de novo, sistema, rede, ai você observa aqui, se o IP mudou, geralmente ele muda, tá? Agora se ele não mudou, também não tem problema, tá? A gente vai fazer o teste, e se ele não estiver funcionando é uma outra história, mas em geral vai dar certo sim. Depois que ele pegou então, reiniciou com o cabo conectado, desativa o DHCP, dá ok. Esse produto aqui, esse nosso DVR, esse modelo que eu estou utilizando, quando ele reinicia, quando você liga ele a primeira vez, ele já te pergunta se você quer ativar a função nuvem, é uma função padrão. Mas se por exemplo, não estiver aparecendo, você entra aqui ó, menu, sistema, serviços, e aí aqui em baixo ó, tem nuvem, tá vendo? Clica duas vezes em nuvem e aí ele já está ativo, de repente ele pode estar desativado, é só ativar, ok, ok.

Próximo passo, desse equipamento aqui, é você entrar no menu, sempre com o botão direito para entrar e sair do menu. Menu, info, versão, e aí a gente vai lá e copia esse número serial aqui, tá? Existem outros equipamentos que acessam por usuário e senha, então é só você ir lá e criar um usuário e senha dentro da função nuvem, esse daqui é só pegar o serial. E está pronta a configuração do DVR, feito isso não precisa fazer mais nada, agora é só baixar o aplicativo no seu celular, eu vou colocar neste vídeo, uma imagem de como fica o aplicativo. No computador é só acessar a página do acesso nuvem, que vem no manual, se for um DVR de marca “X” você vai acessar a página “X”, página “Y”.

Dentro dá página, vai ter somente um campo para você digitar o serial e dar um ok, ele vem programado para conectar na senha padrão. Se você trocou a senha, por exemplo, a senha padrão desse equipamento é, admin no usuário e a senha em branco, se você criou uma senha para ele ou fez um outro usuário, na hora que você estiver no site, e for tentar acessar, ele vai dar um erro de senha, mas vai te oferecer a possibilidade de você preencher a senha, e aí voce vai lá, preenche a senha, e vai dar certo também.

Então é isso aí pessoal, é bem simples, não tem muito segredo, espero ter colaborado com vocês aí, e se você não assistiu ao outro vídeo nosso, onde a gente explica melhor como é P2P e como funciona, é só você clicar no canto da tela aqui, eu vou colocar o link do outro vídeo. Valeu, se você gostou do vídeo, clique em gostei, se inscreve no nosso canal, curte a nossa pagina no facebook, facebook.com/cftvclube, e é isso aí pessoal, valeu e até o próximo vídeo.

AddThis Social Bookmark Button

CFTV – COMO ACESSAR DVR PELO CHROME

fevereiro 11th, 2015 admin Posted in Acesso remoto, Acesso via internet, Configurações, DDNS, Dicas de Instalação, Dicas em geral Comentários desativados em CFTV – COMO ACESSAR DVR PELO CHROME

Aprenda como configurar o Chrome para acessar suas câmeras remotamente.

Compre nossos produtos e tenha acesso a conteúdos exclusivos:

http://cftvclube.com.br/

Conteúdo do vídeo em texto (da forma como foi dito):

CFTV – COMO ACESSAR DVR PELO CHROME
Fala pessoal, sejam bem vindos novamente, eu sou o Everton, e nesse vídeo eu vou ensinar você, como é que a gente faz para configurar o Chrome pra acessar a câmera, ta? As vezes seu internet explorer ta com problema não ta acessando, e você precisa fazer uma configuração pra acessar as câmeras, né, e o Chrome serve pra gente, da pra gente fazer configuração nele pra gente acessar câmeras tá? Genuinamente não dá, mas com esse macetinho vai dar sim.

Então pra gente fazer a configuração o que precisa ser feito, você precisa abrir o Chrome, depois que ele carregar, você vai entrar em aplicativos, na lojinha do Chrome, você vai entrar aqui ó: em Web Store, é a lojinha do Chrome pra você baixar os programinhas lá. O que você tem que baixar aqui, é uma extensão que chama-se IETAB, esse ietab aqui ó, esse carinha que ta aqui ó, você vai clicar em “gratuito”, vai adicionar, não demora nada nada e ele foi instalado, vamos lá? Beleza, foi instalado.

Esse ietab ele é muito útil ta? ele vai fazer com que seu Google chrome, navegue como internet explorer, ou seja, todos os ActiveX que a gente precisa, vai ter nele, mas, você precisa ter o internet explorer instalado na sua máquina, porque, ele pega as configurações que ele precisa do internet que ta na máquina, se não tiver, não adianta colocar que não vai funcionar, ta? Se for esse seu caso, por exemplo, você ta usando um Linux, um Mac e não tem explorer, não adianta por o ietab que não vai funcionar.

Aí tem uma outra gambiarra que da pra fazer, que é o IE CLOUD, se eu não estou enganado, é esse cara aqui ó: Cloud Internet Explorer, você pode ver que ele tem pouca recomendação, aqui ó, porque ele é lento pra chuchu, ele fica, esse navegador ele é em nuvem, ele fica em algum lugar no planeta, e aí você, quando coloca essa extensão você ta usando esse navegador pra acessar esse explorer que está em algum lugar pra acessar a câmera, funciona eu ja testei, é lente, e você não vai aguentar, ta.
Então vamos prosseguir aqui com a nossa configuração, ta? Então eu tenho aqui meu ietab já instalado, então como é que a gente vai fazer pra acessar, você vai clicar aqui no ietab, vai baixar um complementinho, vai clicar nele, executa, beleza, já apareceu aqui ta vendo ó? é um segundo navegador dentro do Chrome, tá? depois que você já fez essa execução de uma vez, eu vou ate fechar e abrir de novo, pra você ver como é que fica, ele fica lá quietinho, não aparece nada, só vai entrar e, ação quando você clicar nele, ta?

Aí aparece a barrinha lá. Então como é que a gente vai fazer, você vai digitar o endereço, que você quer fazer o acesso, dois pontos, barra, barra, se for DDNS, você vai por lá seu DDNS, .ddns.com.br, e a porta, o meu é o endereço de IP, tá? e a minha porta é essa porta aqui, tá, da o enter, ele vai carregar alguma coisa, provavelmente não vai funcionar, se você tentar ver, ele não vai entrar, porque eu to usando o Chrome mesmo né, ele vai abrir, eu não vou conseguir clicar em nenhum lugar pra ver a câmera, tá? não quero salvar, ele fica meio maluco, não vai, não dá, você pode clicar em qualquer lugar aqui que você não vai conseguir ver, ta?

Aí, o que você faz, clica aqui ó, ietab, tá? Vou apagar esse login e atualizar, atualizei, bota a senha, olha lá, carregou, apareceu todos os botões, ta vendo? Só você clicar aqui, e voilá, câmeras rodando no Chrome, ok? Lembrando que: se você não tiver Internet Explorer no computador, não vai dar certo, tá? Tem que ter é desse Internet Explorer que tem na máquina que ele pega as configurações. Aí se for seu caso de não ter o Explorer, aí você tenta com aquele Cloud Internet Explorer, tá? E da certo, eu já testei também.

E é isso ai, se foi útil pra você esse vídeo, clica no joinha aí, dá um gostei, pra ajudar a galera que também precisa tá? O objetivo desse vídeo é simplesmente ajudar o pessoal, se ficou alguma dúvida, tiver alguma ideia nova né, quiser esclarecer alguma coisa, comenta aí, eu respondo na hora, no momento em que tenho oportunidade, chega no meu celular eu já respondo, tá? E é isso ai pessoal, valeu e até o próximo vídeo.

AddThis Social Bookmark Button

CFTV – COMO ACESSAR DVR REMOTAMENTE PELO INTERNET EXPLORER

fevereiro 11th, 2015 admin Posted in Acesso remoto, Acesso via internet, Configurações, DDNS, Dicas de Instalação, Dicas em geral Comentários desativados em CFTV – COMO ACESSAR DVR REMOTAMENTE PELO INTERNET EXPLORER

Nesse vídeo você aprenderá de maneira clara como configurar um acesso remoto para o seu DVR Stand Alone no Internet Explorer. Resumindo, após assistir esse vídeo você será capaz de fazer um acesso remoto de qualquer DVR, Placa de Captura, Camera IP e muito mais.

Esse tutorial é muito interessante, pois ele mostra vários macetes bacanas de como preparar seu navegador para acessar suas imagens.

Nele mostramos como Ativar (habilitar ou liberar) os ActiveX no Internet Explorer, mostramos como Ativar ou Habilitar o Modo de Compatibilidade, além de mostrar como desativar o UAC do Windows e o Modo Protegido do Navegador.

Ao assistir esse vídeo você também terá acesso a dicas sobre como acessar câmeras pelo Chrome!

Compre nossos produtos e tenha acesso a conteúdos exclusivos:

http://cftvclube.com.br/

Conteúdo do vídeo em texto (da forma como foi dito):

CFTV – COMO ACESSAR DVR REMOTAMENTE PELO INTERNET EXPLORER
Fala pessoal, sejam bem vindos ao meu canal, eu sou o Everton, meu objetivo é ensinar você a como configurar o internet explorer para acessar suas câmeras, ok? essa configuração ela vale não somente para DVR, tá? Ela vale pra qualquer tipo de dispositivo de gravação de imagem, que seja remoto né, em algum outro lugar, na mesma rede né, e que você está tentando acessar pelo internet explorer, tá? Eu vou fazer uma configuração bem completinha, não sei se esse vídeo vai esticar muito, mais vai ser bem completinho, porque tem DVR mais antigo, que ele precisa de mais liberação pra acessar, e é bem comum né.

Os mais atuais não, mas os mais antigos precisam, tá? E eu vou fazer todo o passo a passo, pra você conseguir acessar as câmeras no internet explorer, ok? Tem gente que precisa, por algum motivo, acessar pelo chrome, e é possível também, e essa configuração eu vou fazer em um outro vídeo, então se você quiser aprender a fazer no Chrome, clica nesse vídeo aqui, que eu vou ensinar você a fazer no Chrome também. Então vamos começar.

Primeira coisa, todo computador com Windows, ele tem uma proteção, pelo menos nos Windows mais atuais, ele tem uma proteção de controle de usuário, tá? E para acessar DVR, praticamente todos, você precisa desativar essa função. E para a gente começar eu vou desativar ela. E para você encontrar essa opção, você pode encontrar de algumas maneiras. Uma delas é, você clica aqui no iniciar, nesse espaço aqui da pesquisa, você digita UAC, a lá ó, é nesse carinha aqui que a gente tem que entrar. Se o seu não tiver essa opção, você pode entrar aqui no executar, digita msconfig, vem aqui em ferramentas, alterar configurações de UAC, também da certo. Se ainda estiver dificil para você, você pode entrar aqui no painel de controle, sistema, central de ações, e aqui está controle de contas de usuário, tá?

E da pra fazer também, por aqui ó, você vem nessa bandeirinha aqui,essa que aperce uns “xisinho charope”, você clica nela, abre a central de ações, alterar configurações de controle de conta de usuário. Aí você entra nessa opção, o padrão é esse aqui, tá? essa que está em negrito aqui, você joga lá em baixo, nunca notificar, da um ok, ele vai aparecer uma mensagem, como eu já tinha feito antes não vai aparecer para mim, você dá um ok, confirma essa mensagem, e reinicia o computador, é essencial que você reinicie o computador.

O próximo passo é, de fato, configurar o navegador. Agora tem uma dica legal aqui ó, eu poderia clicar aqui né, no explorer e já começar a fazer a configuração, mas você sempre tem que conferir, se o navegador é ou não de 64-bits, tá? as câmeras, algumas delas não funcionam no navegador de 64-bits, e aí como é que você faz? Entra aqui no iniciar, todos os programas, acha lá o internet explorer, ás vezes ele está la em baixo, ás vezes ele está aqui em cima, o meu está aqui, está vendo lá que eu tenho duas versões, e essa que eu deixei aqui em baixo, é a versão de 64-bits, tá?

Para navegar ela é melhor, mas para a câmera ela não da certo, então para a câmera você tem que entrar na versão 32-bits, entra lá na versão 32-bits, e para começar a fazer a configuração, deixa eu tirar a barrinha de menu aqui ó, você precisa clicar em ferramentas, tá? E ás vezes ela tá assim ó, ela não aparece, para ela aparecer, você clica com o botão direito aqui, vai em barra de menus. Ou você só aperta o Alt do seu teclado ó, as opções ja aparecem ó, Alt, e ele aparece, tá? Vou deixar elas aparecendo aqui, e ai vamos começar. Ferramentas, Opções da internet, segurança, nivel personalizado.

Você vai localizar aqui ó, uma opção que chama-se controle Activex e plug-ins. Em algumas versões está ao contrario, está plug-ins e controles, então deve estar lá mais pra baixo no “P”, tá? No meu caso elas estão aqui em cima. Para a maioria dos DVRs, você precisa habilitar, aliás, para alguns deles, você precisa habilitar todos, mesmo esses que estão aparecendo não seguro, não há nenhum problema, depois dá pra desfazer, tranquilo. Mais para alguns o prompt funciona, por isso que eu deixo o prompt aqui, mais em todo caso, o que você vai fazer? Habilita tudo, habilita, habilita, tudo que tiver habilitar você clica aqui ó, habilita, habilitar, habilitar, tá?

O resto já não precisa, quando mudar o ícone aqui, não precisa mais. dá ok, ele vai falar que vai ficar em risco, não tem problema, tá? Aqui ó, essa opção, modo protegido, geralmente ela ta habilitada, você vai lá e desabilita ela também, e dá o ok aqui, não tem problema, vai ficar em risco depois a gente desfaz, tá? Para corrigir depois que você acessar é só clicar nessa mensagem aqui, ele desfaz aquilo, e beleza, o seu computador ficou como era antes.

Depois de habilitar os ActiveX, o que você precisa fazer? Adicionar o endereço em modo de compatibilidade, com a atualização dos navegadores, do Internet Explorer, os DVRs mais antigos, eles não funcionam, você precisa colocar o endereço do seu DVR, e fazer o seu navegador entrar em modo de compatibilidade para aquele endereço, tá? E aí como é que você faz? Clica aqui em ferramentas, configurações do modo de compatibilidade, clica aqui, eu já tenho alguns endereços de teste ali, e aí o que você fai fazer? Você vai adicionar aqui, somente o endereço, se for DDNS você bota lá, .ddns.com.br, opa, br, tá? Se for IP, como é o meu caso, bota só o IP, não precisa botar HTTP nem porta, tá? só o domínio mesmo, deixa eu apagar esse aqui ó, adiciona e fecha aqui. Se você quiser deixar o seu navegador para abrir tudo em modo de compatibilidade, é só clicar aqui, mais tem versões que essa opção não existe mais, então você precisa por o endereço, tá? Então colocou o endereço, fecha aqui, e aí é só acessar o DVR lá, tá?

Como que a gente vai fazer? Vou clicar aqui, eu já fiz um teste antes, o meu endereço está lá, dá um enter, e beleza, carregou a minha página aqui. Quando for o primeiro acesso, vai aparecer alguma mensagem, em algum canto da tela, às vezes um pop-up no meio da tela, pedindo para instalar um complemento, tá? É normal, você tem que instalar esse complemento, tá? Depois que ele instalar, vai aparecer essa tela novamente, você vai colocar o usuário e a senha, e dar um enter, ok?

Essa minha versão aqui, ela é bem comunzinha, todo mundo conhece, boa parte das pessoas conhecem, e é só clicar aqui, escolher aqui, eu vou escolher a versão principal, e é isso aí, carregou as quatro câmeras. São quatro câmeras de teste, lá na minha empresa, tá? Aqui é um speed dome, da pra gente fazer uma graça aqui né, controlar ele ó, é um dome progressivo, ele ascende os led’s de acordo com a distancia que você aproxima ele, é bem bacaninha, é um dome que está em teste ainda.

E é isso aí, era isso que eu queria passar para vocês, como configurar o navegador, não tem muito segredo, tem uns macetinhos né, que o pessoal geralmente não passa, às vezes eles vendem o DVR pra vocês lá, e aí põe no computador, está acessando, mas se você formata ou compra outro, você não sabe o que fazer, e é isso que você precisa fazer. Então se você gostou, você da um joinha aí né, se ficou alguma dúvida, alguma coisa que você queira acrescentar, comenta, que eu vou responder. E é isso aí, até o próximo vídeo.

AddThis Social Bookmark Button

COMO LIBERAR PORTAS PARA DVR EM QUALQUER ROTEADOR – ACESSO REMOTO

fevereiro 11th, 2015 admin Posted in Acesso remoto, Acesso via internet, Configurações, DDNS, Dicas de Instalação, Dicas em geral Comentários desativados em COMO LIBERAR PORTAS PARA DVR EM QUALQUER ROTEADOR – ACESSO REMOTO

Aprenda como liberar portas no roteador para acessar seu DVR Stand Alone de qualquer lugar.

Compre nossos produtos e tenha acesso a conteúdos exclusivos: http://cftvclube.com.br/

Conteúdo do vídeo em texto (da forma como foi dito):

COMO LIBERAR PORTAS PARA DVR EM QUALQUER ROTEADOR – ACESSO REMOTO
Fala pessoal, sejam bem vindos ao CFTV Clube, eu sou o Everton, e nesse vídeo eu vou ensinar você a configurar um redirecionamento de portas, ok? Antes de começar eu quero agradeçer, você que veio de algum fórum que eu respondo, você que é parceiro de CFTV, o intuito desse vídeo é ajudar a galera aí, seja você um usuário, um cliente que comprou para sua casa, para sua empresa ou um prestador de serviço ou alguem do meio mesmo, tá? Eu quero esclarecer alguns pontos aí, e ajudar quem quer liberar portas no roteador, ok? Eu vou procurar ser bem objetivo, bem esclarecedor, se eu falhar em algum monmento você comenta aí que eu vou responder, tá?

Então como é que a gente vai começar? Primeiro de tudo, tira o teu DVR da caixa, conecta, liga ele na tomada, e conecta ele ao roteador da internet, ok? Feito isso, q que você vai fazer? Entra lá no menu do DVR, o meu DVR que eu escolhi pra fazer esse vídeo, ele usa essa plataforma bem conhecidinha da galera aí, tá? Mais se o seu for de outro fabricante, quando você entrar em rede, o resultado vai ser o mesmo, ok? Então o que eu fiz? Seguindo o manual do DVR, eu ativei a função DHCP, a função DHCP, ela faz o seu DVR entrar no padrão da rede, igual o celular que você conecta no WiFi da sua casa ou de algum lugar, ele navega e belezinha, o DVR é assim também, por padrão ele vem desativado, tá? porque é desativado que a gente tem que usar, mas para fazer ele funcionar legal, primeiro você tem que ativar.

Então eu fui lá e ativei, ele pegou os números lá da rede. ok? e depois eu desativei, tá? então eu ativei, salvei, reiniciei o equipamento, entrei lá e desativei, ok? No meu caso o número que ele pegou aqui foi o 254, não foi, mas eu defini que foi o 254 porque eu gosto de trabalhar com ele, tá? no seu caso, o numero que ele pegar você pode manter, tá? Os roteadores atuais, eles são bem inteligentes, não vai dar conflito não, pode manter o que ele pegar mesmo. Depois o que eu fiz?

A porta HTTP, ela sempre vem numero 80, tá? mais é legal que você troque ela por uma outra porta, eu mudei aqui para 8080, só para fazer o vídeo, mas você pode usar qualquer outra, 8095, tem muita gente que usa, 8082, 8081, não importa, tá? E aí beleza, Tudo que eu precisava fazer no DVR a respeito de redirecionamento de portas tá feito, aí o que eu fiz? Depois que eu fiz essas configurações, eu fiz um mapa, e essa é a grande sacada que eu quero passar nesse vídeo. Tá aqui o meu mapa, tá? Antes de explicar o mapa, eu vou ler essa seta aqui, por que? Esse é o sentido das informações que o DVR vai mandar, você vai sair com imagens da sua rede.

Por esse motivo, você precisa liberar portas no roteador, ok? Daí o que eu fiz, depois que eu fiz as configurações no DVR, me certifiquei dos números das portas lá no manual e da porta 80 que eu troquei, o que eu fiz, peguei o IP do DVR, e fiz esse mapinha aqui ó, porque eu tenho que liberar, redirecionar essas três portas para este número de IP, tá? Então, o que a gente precisa fazer agora? Acessar o roteador, e liberar as portas. O meu roteador, ele usa esse número de IP aqui, é o endereço dele, como é que eu sei?

O meu DVR pegou, quando eu ativei o DHCP e ele pegou esses números aqui automaticamente, ele pegou também o endereço do roteador, que é esse endereço aqui ó, gateway padrão. Esse gateway, sempre que você ligar o DVR ao roteador, vai ser o endereço do roteador, isso é sempre, ok? Daí eu peguei esses números de IP, peguei também as portas, bolei o meu mapinha, e vou mandar brasa agora no redirecionamento de portas, ok? Uma outra dica super legal aqui ó, tem gente que sabe, mais tem gente que não sabe.

Sempre que você for fazer o redirecionamento de portas, se for em uma residência que tenha um modem com WiFi do provedor lá, GVT, Virtua, o meu aqui é esse caso, sempre vai dar certo, jamais vai dar errado, sempre vai dar certo, agora se vier via rádio, se vier de um outro roteador e tal, entra no roteador que o DVR pegou o endereço, vai la no status da WAN, e veja se o número de IP que está lá, é o número de IP válido da sua rede, o IP público. Se for um outro número de IP local. significa que, tem algum outro roteador antes, tá? E aí se você fizer somente o redirecionamento que eu vou ensinar aqui, não vai funcionar, ok? então se o seu caso for esse, você clica nesse video aqui, que eu vou ensinar nesse outro vídeo, como é que se redireciona porta em dois roteadores ou mais, ok?

Então vamos continuar aqui, vou acessar então o endereço do meu roteador, que está aqui no meu mapa, esse numero aqui ó, tá? E vou mandar bala no redirecionamento, ok? O meu aqui é um Motorola, admin Motorola, se o seu for outra marca, o GVT é admin, senha gvt12345 padrão, Telefonica geralmente é admin, ou Speedy, Vivo geralmente o usuário é admin e a senha são os quatro primeiros caracteres do MAC, tem na etiqueta, e se for alguma outra marca tem uma etiqueta em baixo, com a senha padrão, se não tiver você joga no doutor Google lá que você descobre.

Acessei aqui o meu roteador, vou entrar em advanced, forwarding, vou fazer o, uma eu já tenho, tá vendo aqui eu já deixei feito ó, ele tem justamente por que? Para não ficar muito grande esse vídeo aqui. O que eu fiz então, peguei o numero de IP do DVR, que é o que eu deveria fazer, a publicação de portas, as portas que eu tinha que fazer e coloquei aqui ó. Então aqui na primeira linha ó, IP, porta, porta, tanto na porta inicial quanto na porta final, tá? Eu escolhi dessa maneira aqui, porque é a maneira mais simples que tem, existem outras formas, mais eu não vou fazer isso agora.

Então eu coloquei a porta inicial aqui, a porta final é sempre a mesma porta. Protocolo, pode ser que o seu seja TCP, pode ser que seja UDP, coloca sempre both que ele vai liberar a porta para os dois protocolos, e clica em enable, tá? Se você não clicar em enable não vai funcionar, eu já esqueci também e não funcionou. Então confere, ve se está tudo certo, á lá ó, o meu mapinha, as três portas, o IP do DVR está aqui, confere lá vê se está tudo certinho, tem gente que erra, tá? E não funciona. Aplica, depois que ele aplicou, o que você faz? Vai lá e tira da tomada o roteador e bota denovo. Parece que é estranho mais não é, por que? às vezes você faz o redirecionamento de porta no cliente, numa empresa e tal, você vira as costas, o cara desliga, ou o roteador reinicia e aí apaga isso aqui, as vezes está com algum problema, é muito comum, tá?

Faz esse teste aí, e você ja sai de lá sabendo que está tudo certo, ok? Então pessoal o redirecionamento de portas, ele consiste somente nisso, acessar o roteador, liberar as portas, você tem que fazer isso, por que? Se não você não consegue enviar as informações para a internet, tá? O roteador precisa saber que você quer sair com a informação, por isso que eu fiz essa setinha aqui ó, você precisa sair, ok? E é isso aí, tá? Não tem muito segredo, faz o mapinha lá, pega o IP do DVR, o numero das portas, entra no roteador, liberou, um abraço, já está funcionando. Se você quer aprender a fazer um DDNS gratuito, clica nesse vídeo aqui. Eu vou ensinar duar dicas de DDNS gratuito, que você criar que vai funcionar para você acessar o seu DVR remotamente, ok? Valeu pessoal, e até o próximo vídeo.

AddThis Social Bookmark Button

CFTV – COMO CRIAR DDNS GRATIS PARA DVR – STAND ALONE – CÂMERA IP

fevereiro 11th, 2015 admin Posted in Acesso remoto, Acesso via internet, Configurações, DDNS, Dicas de Instalação, Dicas em geral Comentários desativados em CFTV – COMO CRIAR DDNS GRATIS PARA DVR – STAND ALONE – CÂMERA IP

Este vídeo mostra dois serviços de DDNS grátis, e em ambos os casos é possível acessar um DVR remotamente sem precisar pagar.

Acesse nosso site: http://cftvclube.com.br/

Conteúdo do vídeo em texto (da forma como foi dito):

CFTV – COMO CRIAR DDNS GRÁTIS PARA DVR – STAND ALONE – CÂMERA IP
Fala pessoal, sejam bem vindos ao meu canal, eu sou o Everton e nesse vídeo eu vou falar nobre DDNS, ok? Eu imagino que você que esteja procurando essa informação de DDNS grátis, DDNS em geral, tenha adquirido algum DVR que ainda não tem um serviço de DDNS próprio, a gente sabe agora que alguns fabricantes fornecem o DDNS próprio né, você pode usar tanto um endereço, quanto um login e senha né, se você quiser. Mas se o seu caso é esse, que você não tem o DDNS próprio para usar, eu vou falar de dois serviços gratuitos que dá pra gente usar. Antes de começar a falar desses serviços, eu quero falar um pouquinho sobre DDNS, por que é necessário? Para que ele serve?

O DDNS, ele serve para resolver o endereço de IP válido da sua internet. Hoje em dia, a grande maioria das redes domésticas, até as empresas né, elas trabalham com o IP dinâmico né, o IP dinâmico, ele é um IP que se renova periodicamente. Então uma vez que a gente programar o DVR lá, liberar portas e tal, se você não tiver um serviço de DDNS ou um IP que seja fixo, a medida com que ele trocar, você vai deixar de acessar, porque o IP que você tinha não vai valer mais. Então o DDNS, ele resolve esses dois problemas, primeiro a troca de endereços de IP, e segundo, ele facilita né, pra você guardar o endereço, é muito mais fácil guardar o endereço na cabeça do que propriamente o IP. E outra coisa, o DDNS, ele é um serviço que não serve apenas para o DVR, porque ele é um serviço para a rede, se o objetivo dele é resolver o endereço de IP, essa troca de IP’s, ele serviria pra qualquer outra coisa, pra você acessar um servidor né, ou qualquer outra coisa do gênero.

Um outro ponto legal também de comentar é o seguinte, o DDNS ele não exclusivo para um DVR ou para um equipamento, se você tiver 2, 3 ou 5 ou mais equipamentos, DVR ou qualquer coisa na rede, que precisem ser acessador remotamente, um DDNS já resolve o problema. É a mesma coisa que você ter uma internet pra todo mundo, é a mesma comparação o DDNS né, como ele resolve o IP valido da sua rede, um só já resolve né, você vai conectar nos equipamentos de acordo com a porta de cada um, ok? Então é isso aí, acho que eu esclareci o básico ai de DDNS, não vou entrar muito em detalhes, e assim que você tiver mais alguma dúvida comenta aqui no vídeo, e ai eu procuro responder ou fazer um outro vídeo pra vocês, então acompanha ai que eu vou fazer rapidinho, vou falar dos dois serviços, tá? Um é o D-Link, D-Link DDNS e o outro é o No-IP, ok? Valeu pessoal.

Bom pessoal, então pra começar a falar dos DDNS’s, eu vou começar falando do D-Link, ok? Para cadastrar o DDNS do D-Link gratuitamente, você precisa ter um dispositivo D-Link na sua rede, pode ser um roteador, qualquer tipo de dispositivo para rede que seja D-Link, e aí você pode usar o DDNS deles, é super legal, ele funciona bem, tá? Ele é feito pelo Dyn DNS, e enfim, ele funciona legal. Então vamos começar, você vai abrir o navegador, é super simples, tá? Depois que o navegador abrir, você vai digitar lá, dlinkddns.com, certo? Dá um enter. Depois que ele carregar a página, se você tiver navegado pelo Chrome assim como eu, ele vai traduzir a página pra você ó, e aí se voce tiver dificuldade com o inglês, é só traduzir que ele fica em português, ok? Depois que ele logar, desculpa, que ele carregar a página, você vai clicar aqui em “comece”, tá?

E vai fazer um pequeno cadastro, é super simples tá, esse cadastro o que você precisa fazer? Nome de usuário, senha, botar o teu e-mail lá, então aqui eu vou colocar um nome que não existe, que aí depois eu já vou mostrar minha conta logada, senha, beleza. E aqui que entra os equipamentos D-Link, tá? Você vai pegar a etiqueta de um deles, por exemplo se for um roteador, que eu acredito que seja, é só você olhar no fundo do roteador, você vai pegar lá, número de série, vai preencher aqui, e o endereço de MAC do roteador, se for esse o seu caso. Se for uma câmera IP também da certo, qualquer tipo de equipamento. Coloca os caracteres aqui ó, 911, se você quiser receber e-mails do D-Link é só voce marcar aqui, leia os termos, é super importante, mentira não precisa ler. Coloca lá que concorda e clica em criar uma conta.

Depois que você clicar em criar uma conta, vai chegar um e-mail pra você, pedindo pra você confirmar a conta, e beleza. Depois que você confirmar você vai aparecer nessa tela aqui ó. A tela que vai carregar pra você, depois que você confirmar a conta é essa tela aqui, é extremamente simples, não tem segredo nenhum. O que você precisa fazer aqui? Adicionar um host, tá? Aí você vai clicar aqui em adicionar host, vai colocar o endereço que você quer lá, eu vou colocar esse daqui, CFTV Club, aqui não tem como você trocar, vai ficar dlinkddns.com, coloca lá o teu IP, usar este IP, é obrigatório, tá? Pode ser que seja outro, mas, pode criar com o seu não tem nenhum problema, mesmo que você for usar em outra rede, tá? E salva. E é isso, meu hostname foi criado, agora eu tenho um endereço dlinkddns.com. Ele é gratuito, ele não expira, justamente porque você adquiriu um equipamento D-Link, e você tem direito a usar um DDNS Dlink, tá?

E ai pra você ver se ta legal, se ta funcionando certinho, é só você pingar esse endereço, é só você entrar no CMD, vou fazer aqui pelo método convencional ó, todos os programas, acessórios, prompt de comando, ok? Você vai digitar ping, espaço, o endereço que você criou, clube.dlinkddns.com, dá um enter, a lá ó, belezinha, tá? Meu endereço esta ativo e eu já posso utilizar, ok? Em seguida, para você fazer ele funcionar na sua rede certinho e atualizar sempre que o seu IP mudar, você só precisa cadastrar ele no seu roteador, se for uma câmera IP, na sua câmera IP. Nesse caso aqui eu tenho um modelinho de emulador de D-Link, tá?

Só para fazer a configuração para vocês verem. É só clicar aqui em “advanced”, “DDNS”, tá? Clicou em DDNS, clica em enable, aqui no serviço de endereços, você tem que escolher DLink DDNS, em todos os dispositivos D-Link com DDNS vai ter essa opção, é só você escolher aqui, bota lá o endereço que você fez, .dlinkddns.com, o usuário e a senha, e aí você aplica. Esse daqui não vai funcionar porque é um emulador, tá? Ele não vai dar em nada. E é isso, já está pronto, significa que, esse domínio que você criou, ele ta hospedado na rede que você pretende usar esse DDNS, sempre que esse IP renovar, trocar, enfim, ele vai te trazer o IP atual, beleza? Agora eu vou fazer o No-IP.

Para fazer o No-IP, é super simples também, você precisa entrar no navegador, acessar o site No-IP, noip.com, depois que ele carregar a página, você pode traduzir ela também pelo Chrome, tá? Fica mais fácil, depois que ele carregar a página, você vai fazer o seguinte ó, esse botãozinho aqui em cima, é pra quem já tem o endereço, depois que você quiser administrar o seu domínio você vai entrar aqui, ou se você depois adquirir uma conta paga, tiver várias, você vai entrar aqui.

E para fazer um único gratuitamente, você vai clicar nesse botão verde aqui. Depois que ele carregar essa tela aqui pra vocês, é só fazer um cadastro que é mais simples do que o DLink. A gente precisa colocar aqui um nome de usuário, pode ser qualquer um aqui que eu inventei, e-mail, vou colocar esse aqui, e senha, beleza? Deixem para criar o DDNS depois, porque isso aqui costuma confundir um pouco, até eu já me confundi. Clica aqui ó, criar meu hostname mais tarde, vou traduzir aqui pra você cer como é que fica, aqui ó, criar o meu hostname mais tarde, marca essa opção.

Ele já me sugeriu algumas livres aqui, tá? Eu não vou fazer isso agora, aí você rola aqui mais pra baixo e clica em “inscreva-se” que é grátis, ta vendo aqui ó, 0 dólares, só clicar aqui em “insceva-se”. Depois que você clicar em inscreva-se, da mesma forma vai chegar um e-mails pra você, pedindo para você confirmar a conta, tá? E depois que você confirmar a conta, você vai ser redirecionado para essa tela aqui ó. Essa é a tela que vai carregar pra você, depois que você ativar a sua conta, ok? E para adicionar o endereço, e para você não se perder, eu vou falar pra você como é que eu faço, aqui tem gente que erra, tá?

Faz o seguinte ó, clica aqui em “hosts/redirects”, ok? Clica aqui, nessa tela eu já tenho um que eu fiz aqui, tá? Um teste, no seu caso ela vai estar em branco, aí é só você clicar aqui ó, adicionar um host. você vai clicar aqui em adicionar um host. Nessa tela, você só vai precisar fazer uma coisa, clicar aqui em hostname, e botar o endereço que você quer lá, tá?

Colocou o endereço, se ele não aparecer que está ocupado, beleza, já está valendo. Aqui você não meche em nada, nem aqui, aqui vai estar o seu IP, é só você rolar a página aqui, e clicar em adicionar host, e beleza, só, não vai precisar fazer mais nada, depois que você adicionar o host, ele vai aparecer aqui, ok? Uma dica interessante, se você estiver fazendo esse No-IP, pro seu uso, beleza, faça no seu e-mail, cadastra o endereço lá e você pode usar. Se você estiver fazendo para um cliente, faça no e-mail dele, tá? Porque, você não fica limitado a um determinado número de endereços, se cada vez que você fizer, fizer no endereço do cliente, você pode fazer quantos você precisar. E daí depois que você criou o No-IP, é só você colocar no DVR, a maioria dos DVRs tem No-IP, e roteadores também tem o No-IP, e é só você se cadastrar. Eu tenho um emulador aqui de TP-Link, é um bem padrãozinho aí que todo mundo conhece, e eu vou fazer nele para voce ver como é, é super simples, é em português e tal. Para cadastrar o seu No-IP, vai clicar aqui ó, em DNS dinâmico, dentro de DNS Dinâmico, Você ja vai ter o padrão lá, No-IP, mais pode ser que seja Dyndns ou qualquer outro, coloque lá No-IP, o usuário, é o usuário que você criou para logar no No-IP, tá? O usuário que você criou para logar no No-IP, no meu caso é esse aqui, bota lá, senha, é a senha para acessar o serviço, e o endereço que eu criei lá, habilita, e manda salvar, tá?

E quando você salvar ele vai conectar automaticamente, certo? E é isso aí, depois que você criar e registrar o seu domínio e hospedar ele no seu roteador, beleza, já vai funcionar, tá? Se de repente você fala assim “Ah não eu não tenho No-IP no meu roteador, nem no meu DVR”, é só você baixar um cliente, um client do No-IP, e instalar na sua máquina, ou em uma máquina que esteja na rede, tá? porque como ele é um serviço para rede né, conforme eu falei, em qualquer ponto da rede que ele estiver, ele vai trazer para você, o IP válido da internet, tá? E é isso que a gente precisa.

Então é isso pessoal, essas foram as duas dicas de DDNS gratuitos, tá? dá pra gente usar para o nosso consumo, para passar para algum cliente, atualmente, os DVRs, como eu falei, eles vem com DDNS próprio, eles vem com acesso em nuvem, tá? É uma conexão P2P, que não precisa de DDNS, precisa somente de login e senha, ta? Daí eu vou falar um pouco de conexão P2P no próximo vídeo, ok? Falou pessoal, e até o próximo vídeo.

AddThis Social Bookmark Button